Powered by GOOGLE Tradutor

24 de abr de 2011

Belas palavras do Rei Roberto sobre a gaita......

Rodrigo Eisinger publicado em Gaita-L.

Belas palavras do Rei Roberto sobre a gaita... Sobre o Mauricio Einhorn nem precisa falar!!!

http://www.facebook.com/l/c0696xcMumoFdMCf1z-7UsEi0tA/www.youtube.com/watch?v=3ZFkAqRNj1M

Rodrigo Eisinger

24 de abril de 2011 11:42

Belas palavras do Rei Roberto sobre a gaita... Sobre o Mauricio Einhorn nem precisa falar!!!

http://www.facebook.com/l/c0696xcMumoFdMCf1z-7UsEi0tA/www.youtube.com/watch?v=3ZFkAqRNj1M

Roberto Carlos e Maurício Einhorn - Especial de 1976 - Música: Eu Sou Terrível

www.youtube.com

Maurício Einhorn, em participação especial no programa Roberto Carlos Especial de 1976, tocando ao lado do rei: Eu Sou terrível

 

 

8 de abr de 2011

Nota de falecimento: O Mestre Gaitista, Multi-Instrumentista e amigo Geraldo Nepomuceno de Oliveira

Cumpro o doloroso dever de comunicar o falecimento do Mestre Gaitista, Multi-Instrumentista e amigo Geraldo Nepomuceno de Oliveira, integrante do grupo vocal e instrumental, cujos componentes eram todos cegos, “Os Titulares do Ritmo” também um dos Fundadores, arranjador e imenso colaborador da antiga “Orquestra Paulista de Gaitas”, faleceu hoje sexta-feira 8 de Abril de 2011. Seu enterro está previsto para as 15:00h deste sábado 9 de abril de 2011 no cemitério do Araçá situado a Av. Dr. Arnaldo, 666. Pacaembu - São Paulo - (11) 3256-6486. Agradeço aos que se fizerem presentes em homenagem a este grande músico e em ato de condolências a família.

Homenageado

Geraldo de Oliveira

Nascido em Fortaleza em 1931, Geraldo Nepomuceno de Oliveira iniciou seus estudos de música no Instituto para deficientes visuais São Rafael, em Belo Horizonte. Sua formação foi em modos eruditos, mas desde cedo ele e seus amigos alegravam os recreios tocando sambinhas e outras músicas da época.

Geraldo foi um dos integrantes do conjunto vocal Titulares do Ritmo, que durou cerca de 40 anos, sempre com a mesma formação. O grupo foi organizado em 1945 quando seus componentes, ainda estudantes, se conheceram no Instituto.

O conjunto estreou na Rádio Inconfidência em BH e foi contratado pela emissora, mas em 1948 seguiu para São Paulo, estreando na Rádio Gazeta e alcançando grande sucesso na década de 1950, quando atuou na Rádio Bandeirantes. Os Titulares tiveram também dois programas exclusivos na Tupi e Record, sendo um dos pioneiros da televisão.

Foram vários sucessos entre sambas, toadas, marchas, fox-trot e baião. Lançaram cerca de 45 discos entre as décadas de 50 e 80, acompanharam orquestras e outros artistas em gravações nacionais e internacionais, além de trabalhar em diversos jingles. Eles ganharam vários prêmios como oito Roquetes Pinto, dois Tupiniquins e um Guarani e entraram para o Guiness, o Livro dos Records, como o grupo vocal que mais gravou em estúdio.

Geraldo é multi-instrumentista. Estudou violino, toca também violão, cavaquinho, banjo, contrabaixo, flauta-doce e gaita cromática, instrumento este que se especializou e desenvolveu a técnica no fim da década de 40. Nesta época Geraldo de Oliveira era dos poucos gaitistas brasileiros que liam música escrita, e por isso tornou-se um músico muito solicitado para gravações. Com uma sonoridade sofisticada, costuma chamar a atenção de muitos ouvintes e frequentemente ouviam-se comentários do tipo “eu não sabia que a gaita podia soar tão bem”. Com a gaita Geraldo gravou várias músicas para comerciais, novelas e filmes.

Aos 76 anos de idade, Geraldo é ainda um apaixonado por música, harmonia e gaita. Ele trabalha junto às oficinas de gaitas no bairro da Lapa em São Paulo, além de escrever arranjos e ensaiar a Orquestra Paulista de Gaitas - OPG.

Muitos dos integrantes da OPG resolveram se aprofundar no mundo da música e da gaita após conhecerem o Geraldo e terem a felicidade de conviver com esse músico tão incrível, sábio e generoso.

Saber que ele é o homenageado deste ano nos trás imensa satisfação e alegria.

Obrigado aos organizadores do cd gaita-l 2007 e a todos que votaram no Geraldo!

Abraços,

Fernando Alves e Clara Machado
(Gaita-L sexta-feira, 21 de dezembro de 2007)